Paris, cidade luz ~ Ela é americana... da América do Sul

Paris, cidade luz

Por mais vezes que eu já tenha ido a Paris (no total, 4), e por mais que eu já tenha visto a Torre Eiffel e me encantado com a atmosfera da cidade, posso dizer com segurança que a capital da França é uma das minhas cidades favoritas no mundo.
Por mais fotos que eu já tenha tirado nos principais pontos turísticos de lá, por mais que eu tenha amado visitar o Museu do Louvre, Notre Dame, ou qualquer coisa lá, tenho a impressão que nunca vou me cansar. É como se cada vez fosse diferente, cada monumento estivesse ali igual como antes, mas esperando a próxima visita.
Seja um fim de semana com amigos, seja a realização de um sonho antigo, um passeio com a família, eu não sei, parece que Paris sempre está pronta pra me (nos) receber tão bem. Visito as mesmas coisas e coisas diferentes no mesmo nível de encantamento, de empolgação, de felicidade. Não canso de andar ali. Como eu adoro essa cidade!
Paris é fotogênica até num dia nublado de inverno. E ainda assim, acho justo de chama-la cidade luz. Não 'apenas' pelos fatos da história e a era do Iluminismo e Belle Epoque, mas até hoje a cidade continua sendo a capital da arte e do lazer. A cidade não pára, mas não é um ritmo frenético de Nova York ou Londres por exemplo. A cultura dos famosos cafes parisienses estão aí até hoje pra provar isso. Tudo e qualquer coisa se acha em Paris. Tudo e qualquer coisa se faz em Paris. Como não querer voltar a Paris?
Já comentei algumas vezes aqui no blog sobre a questão de voltar ou não voltar aos lugares que já conheci mundo afora. Há lugares que voce visita uma vez e diz ok, está conhecido e marca uma gaivota verde na sua lista sem ter necessidade de voltar, e tem lugares que ficam on hold esperando a próxima visita. Sem querer desmerece-las, mas assim como Bruxelas, Belgrado e Helsinki por exemplo, eu não pretendo voltar lá se não tiver algo muito importante pra fazer. Já Paris, assim como Londres, NY mesmo com seu ritmo frenético, Berlin, Buenos Aires, Dublin, Roma, Madrid são cidades que eu faço toda questão de voltar. Não apenas pelos seus possíveis pontos e monumentos turísticos que eu ainda queira visitar e fotografar mais uma vez, mas pra viver a cidade.
Porque quanto mais voce visita e conhece a cidade, mais voce conhece e mais voce se sente a vontade, e mais familiarizado com caminhos e lugares voce fica, e quão mágico é andar e se sentir tão bem e quase em casa numa cidade feito Paris?
Não é a toa que é a cidade mais visitada do mundo e por onde se encontram tantos mas tantos brasileiros. Brasileiro sabe o que é bom ne. Uns dias em Paris é tudo que qualquer pessoa precisa. Aliás, só brasileiro não, pessoas de todas todas as partes do mundo. Paris é uma festa. Desta vez, andei por lugares novos que não tinha andando das outras vezes e quando voce pensa que não, Paris ainda te surpreende. Como não chama-la de cidade luz, deveria ser a questão.
------------------------------------------------------------------


Não deixe de votar no blog Ela é americana na competicao de blogs de experiencias no exterior http://www.lexiophiles.com/english/vote-for-your-favorite-ix12-blog-2 
A votação só vai até dia 12 de Fevereiro!
Obrigada!

10 comentários:

  1. Paris é sempre sensacional, minha cidade preferida no mundo!
    Beijo, boa semana..

    ResponderExcluir
  2. Concordo com tudo que voce escreveu, tambem amo Paris, nao è a toa que mesmo conhecendo, foi o lugar escolhido para minha lua de mel. Amo Paris!!!
    Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  3. Liana, sinto igual a ti!
    Paris sempre fez parte de meu imaginário infantil. Cresci acalentando esse sonho, essa vontade. Até que há 2 anos tive um sonho. Não foi o primeiro, mas foi o mais "real": eu estava de pé, vendo a Torre de baixo. Via seus pés gigantes, o grande vão do meio e a maneira como se afunilava. Via seus contornos e aqueles contorcionismos de ferro que a enfeitam.
    Acordei e entendi como um chamado, uma espécie de ordem: Vá! Três meses depois eu estava voando pra Paris! Nunca, mas nunca mais mesmo, vou esquecer quando me deparei com a Torre, de longe, pela primeira vez. Nem dava pra vê-la por inteiro. Era fim de tarde, do mesmo dia em que cheguei. É claro que não me contive e chorei. Chorei de soluçar, encostada em um poste de luz, com uma alegria que nem sei explicar.
    Desde esta vez, já voltei mais uma vez e este ano vou de novo. Até quando? Não sei! Talvez até enjoar(?!).
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. que legal!
    entao eh ate nunca porque enjoar dali eh dificil :)

    ResponderExcluir
  5. Realmente, um lugar pra sonhar =D
    Otimo blog o seu^^

    ResponderExcluir
  6. Oi que lindo hein, parabéns deu alegria em olhar,rs
    estou sorteando brincos da By GEO serão 3 ganhadoras,
    e tbm um tablet pelo niver do blog, participa tá!
    será uma honra :)

    bjinhos da elly
    ótimo fim de semana♥
    www.coisasdeladdy.com

    ResponderExcluir
  7. Paris é mesmo fotogênica. Não tem como sair foto feia! E as fotos me fizeram lembrar, claro, do filme do Woody Allen, Midnight in Paris, que é uma delícia e retrata bem essa atmosfera de encantamento e todas as fantasias que as pessoas costumam alimentar sobre essa cidade.

    ResponderExcluir
  8. Oi Liana, td bem? estava aqui procurando hotéis em Paris e lembrei ter visto s/post mas não li na íntegra ainda, (seus avós são lindos!!)Você teria sugestão de hotel q tenha ficado? eu chego a Paris dia 2 abril e já reservei um Albergue(19º) e Hotel no 6º mas esse pelo q vejo tá caro,bem caro pela pesquisa q acabei de ver no Hoteis.com, cada diária 320Reais, será que é esse preço mesmo para um bom banho e boa cama? Se preferi meu email: wile@uol.com.br Tudo q preciso é boa localização pra chegar sozinha, banho, cama limpa, e não sentir calor!!!aff. Já agradeçida.

    ResponderExcluir
  9. Realmente cidade mágica, linda...
    Amei seu blog, moro na Alemanha tambem desde 2009, pertinho de Basel e me mato de rir com as historias contadas :-)
    Sucesso! e quem sabe a gente nao se encontre por aí...

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!