O frio ~ Ela é americana... da América do Sul

O frio


A tal da frente fria da Sibéria está exageradamente gelada. O que o inverno teve de camarada até agora, está de rigoroso nesses últimos dias. E a previsão não é de melhorar não.

Ainda estou com frio...
Desde o fim de semana passado que tem esfriado muito muuuuuuito e esta semana estamos no meio de apenas temperaturas negativas, podendo chegar a até -15 graus Celsius este fim de semana. Isso na cidade, não é na montanha não. -15 graus na montanha fez num dia comum, como na copa de Ski que fui há umas semanas atrás. Agora na montanha, lá no alto, pode chegar até -30.

Li hoje que numa cidade na Rússia, a temperatura marcou -34 graus. É um clima incomum, diz todo mundo. Marcar temperaturas tão baixas resulta em um monte de coisa.

Tudo bem que aqui não tem muitos desabrigados nem gente da rua, mas tem. Então veja bem, já contaram 58 mortes de desabrigados por causa do frio, em toda Europa central. Frio mata.

Todas as precauções são necessárias. Abrigo urgente para os sem casa da parte do governo, alerta máximo da companhia ferroviária para atrasos por causa de gelos nos trilhos e nos túneis. Mais gente trabalhando aumentando a verificação das condições nas ruas para o ritmo não diminuir, ou ser o mínimo impactante possível.

O aeroporto de Zurique pelo menos não gerou ainda nenhum alerta. Já foi eleito o melhor aeroporto do mundo várias vezes por diversos motivos, e é muito bem preparado para o inverno. Há, por exemplo, diversas máquinas de rodeiam o avião para "descongelar" eventuais partes do avião e do motor que estejam frias demais, logo antes da decolagem.

Máquinas na rua tirando gelo do caminho de pedestre e dos carros. Máquinas jogando sal e pedrinhas para evitar escorregões e evitar que acumule placas de gelo no chão. É todo um novo protocolo que começa a ser visto por todos os lados. Quando o frio está exagerado assim, sempre sinto a coisa meio caótica mesmo, porque tudo fica mais difícil.

Enquanto lá nos alpes tudo parece lindo e maravilhoso nas fotos e na TV, a realidade é que o frio move e exige toda uma parafernália de coisas e medidas para evitar desastres e caos ainda maiores aqui no nosso dia a dia.

No meu caso, claro por ser brasileira vinda do Nordeste, sinto demais o frio. Frio até zero graus já não é tão ruim pra mim. Mas frio como esse de ultimamente, tem dias que trabalho de luvas apenas com as pontinhas dos dedos de fora, porque meu corpo não consegue ficar aquecido. Posso passar o dia tomando café e chá quente que não esquenta. Ajuda, mas nao resolve. Alias pra resolver so quando acabar ne. Assim como comer chocolate, tomar cataflan para a garganta inflamada, vitamina C, passar creme nas mäos para a secura e nos labios, manter os aquecedores no maximo, uma caixinha de lencos o tempo todo, tudo isso sao paleativos. E antes que voce tire sarro do meu chocolatinho, saiba que é saudável em poucas quantidades e faz parte da dieta diária dos suiços que estão fazendo trilhas nas montanhas em pleno inverno. Te ajuda a manter a temperatura do corpo elevada. Bom, eles são suiços e o chocolate é suiço, devem saber o que estão fazendo. Eu estou apenas seguindo o embalo a tradição.

Nos últimos dias, tenho acordado no meio da noite com uma sede horrenda, por causa da secura do ar aquecido da calefação do apartamento. Meu nariz sangra, minha garganta dói, os músculos dos meus ombros e costas ficam meio que dormentes, dói tudo de frio. Não importa quantas peças de roupa eu vista.

Uma amiga brasileira que já mora aqui há 6 anos está completamente sem voz. Disse que todo ano é isso. Na época mais fria do inverno, fica rouca do frio. Será que nunca vou(vamos) me(nos) acostumar?

Parece até brincadeira que pra quem é daqui, esse clima de agora é apenas um pouquinho mais frio. Tenho um colega que é meio alemão e meio russo que vive tirando onda comigo porque sempre estou muito agasalhada. Agora que esfriou de verdade, ele resolveu vestir um gorrinho. Se for a noite, um par de luvas. Enquanto isso, eu to aqui a passos de tartaruga mudando meus conceitos e minhas atitudes no inverno. Ok, já é alguma coisa. É, eu cresci passando as férias na praia e não esquiando na neve. Posso rever e mudar meus conceitos o quanto for, mas mudar o que meu organismo viveu até hoje eu não posso. A maneira de reagir ao inverno, isso sim posso mudar, e estou mudando, estou aprendendo.

Seja como for, retiro tudo o que disse sobre ter saudades do inverno quando era verão aqui. Frio é legalzinho, e não precisa necessariamente ficar trancafiada em casa enchendo a barriga de pão e queijo como falei no post anterior, mas demais assim é antes de tudo, assustador. Quem nunca sentiu é difícil (talvez impossível) imaginar a sensação. Eu que to aqui toda empacotada não consigo me lembrar o que é calor. Mas sei também que calor demais também incomoda bastante.

Bem, mas se a lenda dos dias mais frios do ano tem algo de verdadeiro e se os suiços sabem o que dizem, a esperança no meio desses dias glaciais, é que a primavera que se aproxima a cada dia será bela como mereçemos. Resta esperar, e enquanto isso se proteger.

Enquanto isso tambem, vote no blog Ela e americana na competicao de blogs de experiencias no exterior http://www.lexiophiles.com/english/vote-for-your-favorite-ix12-blog-2

9 comentários:

  1. Liana
    por incrivel que pareca o que me ajuda muito a manter minha temperatura eh a academia. Sinto que cada vez que volto estou aquecida por dentro e juro que nao tenho sentido tanto frio quanto os outros anos. Uma outra dica que o meu cabeleireiro austriaco deu eh usar o solarium (bronzeamento artificial) uma vez por semana. Alem de recuperar a falta que o sol faz, segundo ele aquece os orgaos. Aqui em casa o pogo eh meio maluco. O Serginho nao tem frio, tenho que brigar para ele colocar uma touca, luva nem pensar.
    Para mim o lado ruim do inverno sao as viroses da Mariana. Toda semana eh uma novidade.
    bjs quentinhos para vc.

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu,
    eu tb me sinto mto bem quando faco academia. No frio parece que a gente se ficar em casa fica entrevada. Eu mesma comeco a ficar com dor nas costas, dor ali, dor aqui, eh triste. E a academia da uma revigorada boa e aumenta a temperatura. concordo contigo. so esses dias que tao fogo, quer dizer, gelo, porque agora mesmo ta -8 graus e eu ja peguei uma gripe, entao ta punk.
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi Liana, ai na Suiça é mais frio, mas aqui na capital francesa dos Alpes, a coisa ta ficando muito séria. Desce um vento das montanhas que fazem com que a sensaçao térmica seja muito baixa. Estou tentando nem pensar na fatura de gaz e eletricidade, pois o aquecimento esta no maximo quando fico em casa. Boa sorte, ai!

    ResponderExcluir
  4. aqui tambem! que se dane a conta, to com frio!

    ResponderExcluir
  5. Oi Liana!
    Qual seu instagram? Gostaria de te acompanhar por lá. Pode ser? o meu é ivanacaracas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivana, meu instagram é lsos.
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Oi Liana, fiquei com frio :), mesmo estando quase 40º aqui em Floripa. Bjão

    ResponderExcluir
  8. Meu voto foi para você, claro. Ainda hoje estava aqui conjecturando como pode funcionar uma cidade com menos 40graus!!!que fonte de energia pra iluminar, aquecer, etc o seu post foi uma aula, mais que esclareceu. Complicado se viver nesse mundo, ou será q sempre foi assim eu que nem percebi??!!rsrsrs Maçarico de um lado e freezer do outro.

    ResponderExcluir
  9. Liana, consegui sentir frio só de ler seu post! Nossa, eu sei bem como é essa sensação, a gente esquece como é sentir calor mesmo! Hahahaha! Que loucura! Me lembro de passar os invernos sempre doente, porque não tem roupa quente que dê conta! Nossa, é terrível!

    Boa sorte, espero que o frio dê uma amenizada por aí. Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!